Conheça as Principais Ferramentas de Gestão Financeira Para Farmácias!

Conheça as Principais Ferramentas de Gestão Financeira Para Farmácias!

Existem alguns processos indispensáveis para donos de farmácia. Eles funcionam como ferramentas de gestão financeira e contribuem para a criação de estratégias e planejamentos eficientes, com o objetivo de garantir os melhores resultados em relação ao desempenho e lucratividade do negócio.

Quer saber quais são os principais processos e entender a importância de cada um deles no gerenciamento da sua farmácia? Continue a leitura!

Qual é a importância da gestão financeira nas farmácias?

Segundo dados divulgados pela IQVIA (empresa multinacional americana que atende as indústrias de tecnologia da informação em saúde e pesquisa clínica), em janeiro de 2022, o faturamento das farmácias cresceu cerca de 10,8% em 2021, sendo responsável por um valor de 152,1 bilhões.

Com isso, vemos a importância de garantir um bom controle financeiro. Afinal, para chegar em resultados positivos, é necessário investir em estratégias que impulsionam a lucratividade da farmácia e garanta que o negócio atinja os melhores níveis dentro de um mercado que cresce mais a cada ano.

4 ferramentas de gestão financeira para farmácias

Confira quais são os processos que funcionam como ferramentas de gestão financeira para sua farmácia.

1. Faça um bom planejamento

Antes de tomar qualquer decisão ou executar alguma ação, é preciso definir quais são as  metas e objetivos financeiros da sua farmácia. A partir disso, será possível criar estratégias eficientes e ter uma visão ampla de todas as operações dentro do seu negócio.

Essa visão é essencial para que você fique sempre atualizado sobre o que está ou não dando certo, a fim de otimizar os processos para melhorar cada vez mais o desempenho das atividades e contribuir para bons resultados.

2. Acompanhar o fluxo de caixa

Uma ferramenta de gestão financeira indispensável é o acompanhamento de fluxo de caixa. É por meio dela que você ficará atualizado sobre os lucros da farmácia. Portanto, é importante se atentar tanto para as entradas quanto para as saídas do caixa. 

Alguns fatores importantes a serem acompanhados são as despesas fixas,variáveis, entre outros pontos que influenciam direta ou indiretamente na movimentação de dinheiro da farmácia.

3. Tenha controle do estoque

A organização e controle do estoque é fundamental. Afinal, existem duas situações que devem ser acompanhadas para evitar problemas. Elas são:

  1. um estoque com alto volume de produtos significa recursos parados e menos fluxo de caixa, diminuindo, consequentemente, o capital disponível;
  2. um estoque com poucos itens acarretará em prateleiras vazias e prejudicará a experiência do cliente, que pode buscar por uma mercadoria que está indisponível.

Para evitar isso, é importante estar sempre atualizado sobre as peças disponíveis no estoque, registrando todos os produtos que entram e saem.

4. Automatize a gestão financeira

Mais um dos processos que atua como ferramenta de gestão financeira é a automatização desse gerenciamento. Ela é importante para dar uma visão mais abrangente sobre os diversos setores do seu negócio e minimizar os erros.

Atualmente, existem diversos softwares que possuem recursos facilitadores para processar dados e informações que serão utilizadas na administração da sua farmácia, como a verificação do fluxo de caixa e de estoque.  

Além disso, é importante pensar a longo prazo. Quanto mais a sua farmácia crescer, mais será necessário automatizar as informações para que nada seja perdido no meio do caminho.

Agora que você já conhece os principais processos que funcionam como ferramentas de gestão financeira, que tal descobrir como atrair novos clientes para o seu negócio e garantir resultados ainda melhores?!

Gostou? Compartilhe nas suas redes sociais!